Tempo de leitura: 2 minutos.

O Ibovespa fechou em alta de 0,5% na quinta-feira (19), aos 117.165 pontos, depois de três dias consecutivos de quedas. Já o dólar subiu 0,7%, a R$5,42.

Internacional

Bolsas amanhecem em queda (EUA -0,5% e Europa -0,4%) enquanto os investidores aguardam o simpósio de Jackson Hole na próxima semana, quando o Federal Reserve deve revelar mais detalhes sobre a redução de estímulos nos Estados Unidos.

No Reino Unido, vendas no varejo decepcionaram (-2,5% em julho) e contribuíram para a pior semana do índice Euro Stoxx 600 desde fevereiro.

Na China (-1,91%), receios com a variante Delta do coronavírus e pressões regulatórias seguem impactando o mercado por lá. O endurecimento regulatório na China ganhou um novo capítulo com a aprovação de uma lei rígida de segurança da informação, a mais nova medida que visa restringir a influência dos gigantes de tecnologia. E as preocupações com a desaceleração do crescimento global fazem investidores buscarem ativos “porto seguro”, como o título de 10 anos americano e o ouro (+0,2%).

Em política internacional, a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, deve realizar viagem a dois países vizinhos da China no fim de semana: Cingapura e Vietnã. Isso ocorre em meio ao desgaste do poder diplomático gerado pela crise no Afeganistão.

Brasil

A reforma do Imposto de Renda continua a repercutir, enquanto acaba nesta sexta-feira (20) o prazo para sanção e veto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias). O governo cogita abandonar a reforma do IR, segundo a imprensa, porém, o presidente da Câmara diz que o projeto será votado em setembro.

Quanto à LDO, o ponto de mais atenção na dinâmica política é a decisão sobre o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, valor que Bolsonaro tem prometido vetar e negociar um novo montante menor.

No entanto, a publicação da decisão pode ocorrer apenas na segunda-feira (23), e o tema deve provocar atrito entre o Executivo e o Legislativo. E em sua live semanal, Bolsonaro reafirmou a intenção do governo de elevar o orçamento do programa Bolsa Família em pelo menos 50%.

*Com informações da XP.

Leia mais sobre investimentos e mercado financeiro no Blog da Ethimos

Deixe um comentário