O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, disse que o movimento de “tokenização” é a principal tendência à frente. Ele ainda reiterou que a tecnologia é uma maneira de tornar a intermediação financeira “mais barata e inclusiva”. 

Descubra, nesse artigo, o que é a tokenização de ativos e como ela pode ser benéfica para os seus investimentos. 

O que é a tokenização de um ativo?

Tokenizar é transformar um ativo real em um ativo digital, fragmentado em unidades criptografadas – ou tokens. 

Ou seja, um ativo tokenizado é particionado judicialmente de maneira digital e registrado em rede blockchain

Eles são criados de uma forma que podem ser subdivididos, negociados e armazenados em tecnologia de contabilidade descentralizada (DLT). 

As transações desses tokens acontecem dentro de uma blockchain, uma rede computacional descentralizada de registro público. 

Qual a diferença entre tokens e criptoativos?

As criptomoedas são ativos nativos de uma rede Blockchain que podem ser usados para transações e armazenamento de valor. 

Elas são descentralizadas e, em muitos casos, utilizam mecanismos para incentivar usuários a manter a rede de criptomoedas segura. 

Já os tokens são basicamente unidades de valor de organizações ou projetos baseados em blockchain. Embora compartilhem compatibilidade profunda com as criptomoedas, os tokens se tratam de uma classe totalmente diferente. 

A principal diferença é que as criptomoedas são o ativo nativo de um protocolo de blockchain específico, enquanto os tokens são criados por plataformas que se baseiam nessas blockchains. 

O que pode ser tokenizado?

Praticamente tudo pode ser tokenizado. Entre os ativos, estão: títulos, commodities, fundos, imóveis, obras de arte, metais preciosos, ações, moedas digitais, NFTs, entre outros. 

Por que fazer a tokenização?

A transformação de qualquer ativo físico em digital permite que o mercado financeiro caminhe para uma direção de democratização do investimento em ativos que, até então, eram inacessíveis. 

Alguns exemplos de investimentos são: títulos de dívidas, projetos imobiliários, obras de arte e muito mais. 

Dentre as vantagens de tokenizar ativos, podemos citar:

Acessibilidade

Um dos principais benefícios da tokenização é a fácil acessibilidade a ativos de alta performance – que estavam restritos apenas a grandes investidores ou para organizações financeiras.

Isso significa que qualquer pessoa pode investir nesses tokens e ter um alto lucro com a negociação. 

Transparência

Todas as informações ficam salvas na blockchain, o que garante uma maior transparência das transações e permite que os investidores consultem a qualquer momento. 

Na blockchain é possível saber exatamente quem é o dono de um token, garantindo uma ótima vantagem da tokenização: a transparência. 

Eficiência

A tokenização tem uma grande vantagem sobre as transações de um bem físico: não envolve intermediários. 

Isso torna a operação mais ágil e barata, pois não é necessário pagar taxas, e o custo da operação é menor.

Segurança

Todo o processo de tokenização é muito seguro, pois é feito na Blockchain. Por ser totalmente descentralizada, a blockchain é menos suscetível a falhas e ataques de hackers.

Isso garante uma maior segurança nas transações de tokens.  

Além disso, algumas blockchains contam com Smart Contracts, que garante a validação jurídica das transações e assegura que todos os acordos serão devidamente cumpridos por ambas as partes.

Divisibilidade

Um token representa uma pequena parcela de um ativo físico, então é possível adquirir uma parte ao invés do ativo inteiro. 

Também não existe um limite mínimo de vezes em que um ativo pode ser fracionado.

Aposta de grandes players

Recentemente, o CEO da B3, Gilson Finkelsztain, apontou que a companhia pode começar a usar a blockchain na tokenização de ativos físicos. 

A Sandbox Regulatório da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que promove a aceleração de startups, está em busca de inovações fora de regulações. 

Como investir em tokens 

Agora que você já sabe as principais vantagens de tokenizar um ativo, entenda como investir!

Tokenização de ativos é a conversão para o formato digital para que eles possam ser negociados com mais facilidade. 

Para entender como funciona esse investimento, imagine a seguinte situação:

Um imóvel avaliado em R$ 5 milhões é fracionado em 25 mil tokens de R$ 200. Ou seja, cada token representa 0,004% do ativo. 

Sendo assim, se você comprar um token (0,004%) e o imóvel for vendido por R$ 10 milhões, você passará a ter  0,008% do ativo. 

É mais simples do que parece, afinal, tokenizar diz respeito a essa fragmentação digital do ativo, seja qual for.

Se em algum momento, este empreendimento for adquirido pelo valor de R$10 milhões, cada token vai valer R$400 e você receberá o seu retorno.

Vale a pena investir na tokenização?

A resposta é sim. Independentemente do momento, investir é uma ótima opção para quem deseja aumentar as chances de ser bem-sucedido financeiramente.  

Entretanto, para ter um melhor acompanhamento da carteira e recomendações mais personalizadas, é ainda melhor contar com a ajuda de um assessor de investimentos

Esses profissionais estão de olho em tudo o que acontece no mercado para que possam recomendar os produtos de investimento mais adequados para o atual momento.

Antes de finalizarmos esse artigo, temos uma oportunidade única para você!

Nós sabemos que garantir um futuro financeiro estável não é uma tarefa fácil, mas acreditamos que, com o apoio das pessoas certas, é possível ir muito além.

Para te ajudar nessa missão, a Ethimos conta com profissionais que acumularam ótimos resultados por onde passaram.

Juntos, podemos encontrar o que há de melhor no mercado financeiro e garantir que você tenha o futuro que sempre quis.

Com a nossa assessoria, você terá um atendimento personalizado para encontrar os melhores investimentos, de acordo com o seu momento de vida.

Além disso, contará com nossos especialistas financeiros para ajudá-lo a tomar as melhores decisões para o seu dinheiro.

Invista no seu futuro:

5/5 - (11 votes)
Isabelle Miranda

Isabelle Miranda

Jornalista e Assessora de Imprensa

Deixe um comentário